Pensamento positivo e autoconfiança


Por Elen Lisboa Rodrigues Bellandi

Físicos, médicos, líderes religiosos. Diversos profissionais e pesquisadores defendem que o pensamento positivo realmente funciona e nos atraem coisas boas, que desejamos. Do ponto de vista orgânico, pensar positivo faz bem para a saúde porque, quando estamos nos estressando o tempo todo, segundo a Associação Americana de Psicologia, o córtex das glândulas suprarrenais dispara a produção do hormônio cortisol, que em situações de estresse prolongado pode desencadear processos que acabam contribuindo com a diminuição da ação do sistema imunológico, então podemos ficar mais propensos a adoecer. Outro fator preocupante é que níveis muito altos de cortisol afetam a parte do cérebro responsável pela memória e pelo aprendizado, nos deixando irritados e esquecidos.

Uma outra explicação científica sobre o quanto as emoções negativas e o pessimismo podem fazer mal é defendida pelo cientista da computação Stephe Parton. Em um artigo, Parton, que também cursou psicologia, explicou que nossos pensamentos acontecem por meio de sinapses, ligações entre neurônios e, quanto menor a distância que os impulsos nervosos precisam percorrer, mais rápido os pensamentos serão formulados. Ou seja, segundo ele, nosso cérebro é capaz de se adaptar para facilitar as sinapses a que estamos mais acostumados, aproximando as ligações mais frequentes. Ou seja, o poder do pensamento é capaz de influenciar fisicamente na nossa composição cerebral.

E do ponto de vista do Coaching? O processo de Coaching ajuda a identificar o lugar em que você se encontra e onde pretende chegar, em todas as áreas da vida. Enquanto o pensamento, tanto positivo quanto negativo, motiva as suas ações. Se você tem convicção que quer ser funcionário público, por exemplo, e pensa ser capaz de passar em um concurso, está mais propenso a dedicar horas de estudos a ele e, dessa forma, aumenta suas chances de aprovação. Por outro lado, ainda que você tenha como meta passar, mas não se imagina naquela posição, dificilmente se motivará a estudar e, menos ainda, a fazer a prova.

Em síntese, é sempre bom pensar positivo porque isso estimula a força de vontade e autoconfiança e dá energia, coragem e motivação para ir atrás dos sonhos, objetivos e metas. Ou seja, o pensamento positivo pode ser um aliado do seu processo de Coaching, fazendo com que ele seja bem-sucedido.

Mas existem pontos negativos em pensar positivo? Como tudo na vida, o excesso é motivo de preocupação até mesmo para as coisas boas. Uma pessoa que está em um processo de emagrecimento, por exemplo, ainda que esteja muito otimista dos resultados, a partir de certo ponto pode ficar esgotada. Mesmo que ela termine o tratamento, somente o pensamento positivo não vai ajudar na manutenção do novo peso. Outro perigo é que o pensamento positivo se torne autoconfiança excessiva e/ou te leve à acomodação. Caso em que você só deseja e não faz nada por seus objetivos.

Ainda que sejamos muito positivos, temos limitações. Por isso, é importante desenvolver bons hábitos, a medida que com o pensamento positivo você se aproxima do seu objetivo. E sempre associar seus pensamentos positivos ao autoconhecimento e a um plano de ação na busca pela concretização dos seus sonhos e metas.

* Elen Lisboa Rodrigues Bellandi é coach pela Erickson College e pela Integrated Coaching Institute (ICI), ambas credenciadas pela International Coaching Federation (ICF). Possui formação em Coaching Express pela Condor Blanco, credenciada a Associação Internacional de Coaches Profissionais. Cursou com os professores de Harvard Robert Kegan e Lisa Laskow Lahey, na infraestrutura da Universidade, formação em Imunidade à Mudança individual e em times e equipes pela empresa Minds at Work.

Leia também

Transforme a meditação em um hábito de vida

Descubra qual é a meditação mais indicada para a sua rotina e transforme-se com seus benefícios.

O que acontece após uma sessão de Constelação Familiar?

A coach Elen Lisboa explica como se dá esse processo.

Qual a diferença entre Meditação e Mindfulness?

No artigo, a coach Elen Lisboa explica as diferenças e as características de cada conceito.

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS
×

Não vá embora ainda!

Antes de sair, olha o que preparamos com muito carinho pra você! :)

Como definir prioridades e alcançar objetivos
eBook
+ Planner mensal
+ Planner semanal